Aumentar o rendimento da agência, do ponto de vista financeiro, é uma busca que une todos os gestores desse tipo de negócio. Para isso, é importante planejar, analisar o mercado, contar com boas soluções de administração e ter as finanças bem controladas.

Os esforços para aumentar o rendimento da agência, a nível financeiro, são fundamentais para manter a sustentabilidade do negócio. Há uma série de fatores que impactam o faturamento, desde o número de clientes até o ticket médio mensal deles. No entanto, o trabalho cotidiano é o que faz toda diferença, sendo por conta esforços aplicados ou da gestão adequada do negócio.

Uma agência de comunicação precisa ter organização nas suas demandas e nos processos envolvidos na execução delas. Além disso, colaboradores qualificados e preparados são capazes de se adequar a rotinas de alta exigência, trabalhando em alto nível e entregando resultados de ponta. Quanto mais fatores positivos uma agência reúne, mais próxima de ter um faturamento considerável ela está.

Neste post traremos 6 dicas decisivas que vão direcionar seu negócio para a sustentabilidade financeira, conseguindo boas margens de lucro. Confira!

1. Defina um planejamento detalhado

Qualquer negócio, independentemente do segmento de mercado, precisa ter um planejamento dedicado não só ao trabalho que pretende desenvolver, mas também às metas financeiras. Trata-se muito mais do que simplesmente definir qual o faturamento desejado em períodos, mas também de uma forma de garantir que o negócio seja sustentável e que se mantenha equilibrado.

Por isso, o primeiro passo fundamental é definir esse planejamento, que deve considerar questões como os custos de manutenção do negócio, as despesas operacionais, as folhas salariais, os investimentos em tecnologia e ferramentas, além de outros pontos.

A partir disso, a previsão de faturamento pode ser definida com precisão e alcançada com um trabalho estratégico.

2. Conheça o mercado a fundo

O mercado de comunicação e publicidade é bastante aquecido e engloba agências de diversos portes, desde aquelas que trabalham com poucas contas até as gigantes do setor. Há espaço para todas e, em meio a tanta demanda, sempre é possível ter um bom faturamento. No entanto, estar mais perto desses resultados positivos depende também de um conhecimento amplo do mercado.

As diferentes estruturas de agências reservam possibilidades distintas de trabalho relevante e que se conecta com a necessidade exata que muitos clientes têm. Um bom exemplo são as agências de performance, modelo de negócio que tem crescido atualmente.

Esse conhecimento do mercado permite se posicionar melhor, oferecer um serviço qualificado e aproveitar mais as oportunidades, crescendo em competitividade.

3. Aposte em tecnologias de gestão

A gestão otimizada é fundamental para aumentar o rendimento da agência no ponto de vista financeiro. A principal razão para isso é a melhora na condução dos processos e na organização de demandas, garantindo que o nível de produção suba, o que também envolve a qualidade do trabalho. Para dar suporte a esse desenvolvimento, as tecnologias de gestão são fundamentais.

Plataformas de administração de agências não são uma novidade no mercado. Elas têm, de forma integrada, módulos que ajudam a tratar das diferentes áreas do negócio, passando por atendimento, gestão de demandas, financeiro, faturamento, entre outros.

Em um só ambiente é possível administrar o negócio, reduzir erros, ter maior controle sobre as finanças e, consequentemente, aumentar a margem de lucro.

4. Treine seus colaboradores

A capacidade de reter clientes e conquistar novos está ligada à oferta de serviços de uma agência. Mais do que isso, é fundamental que eles sejam executados dentro de certo padrão de qualidade, afinal, como você viu, o mercado é altamente competitivo. Só ter material humano bom não basta para isso: é importante que os profissionais estejam devidamente treinados para os processos.

Quando uma tecnologia de gestão de agências é implementada, é natural que sejam necessárias mudanças na forma de conduzir os jobs. Essa adequação é o que permitirá respeitar fluxos de trabalho mais potencializados, resultando em organização das demandas e qualidade na execução de todo e qualquer trabalho na agência.

Por isso, treinar esses colaboradores é fundamental, muito mais do ponto de vista de metodologia de trabalho do que de qualificação para executar suas funções.

5. Segmente os clientes da agência

Quanto mais contas, melhor? Nem sempre essa ideia vai aumentar o rendimento da agência. Por mais que uma carta de clientes alta traga mais dinheiro, é necessário entender como o negócio está pronto para atender a todos, com suas particularidades e exigências. A segmentação se faz muito importante, uma vez que é o filtro que a agência aplica para desenvolver melhores trabalhos.

Por exemplo, um negócio de médio porte pode ter dificuldades de lidar com as demandas de uma empresa gigante, multinacional. Assim, seria difícil conseguir entregar algo dentro das expectativas. A segmentação pode ajudar uma agência a selecionar o tipo de cliente que ela deseja, ou seja, seu público-alvo, considerando fatores como:

  • o tamanho do cliente e o nível de demanda;
  • a categoria de mercado do cliente e a expertise da agência nesse setor;
  • a relação entre nível de demanda e faturamento proveniente de um cliente;
  • a capacidade da agência em ser especialista no que o cliente necessita.

6. Faça uma gestão financeira adequada

Faturar alto não é o suficiente para que uma agência tenha um rendimento compatível, com margens de lucro satisfatórias. Apesar de isso ser básico, muitos negócios ainda pecam, especialmente aqueles de pequeno porte. Equipes reduzidas podem ser uma realidade, desde que isso não signifique deixar de ter profissionais especializados na parte financeira.

A gestão desse segmento é o que ajuda uma agência a conhecer adequadamente os custos de operação e de manutenção do negócio. Só assim é possível considerá-los adequadamente, realizando um planejamento que contemple não só as entradas financeiras, mas também todas as obrigações que a empresa tem nesse sentido, ou seja, um fluxo de caixa completo.

As plataformas de gestão de agência têm módulos financeiros que ajudam a ter um detalhamento maior dos resultados e dos custos, o que possibilita uma administração mais responsável e equilibrada. Assim, é possível, de fato, aumentar o rendimento da agência de forma estratégica.

Independentemente do tamanho do negócio, o faturamento e o lucro sempre serão dois fatores cruciais e decisivos para a sustentabilidade da empresa. Por isso, focar em aumentar o rendimento da agência é um esforço estratégico e que deve ser apoiado em boas práticas, como as 6 que indicamos ao longo deste conteúdo.

Agora, conte nos comentários: qual outra dica relevante pode ajudar nessa questão?


Alex
Alex

Alex Vargas é fundador do Nucleo Expert, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em janeiro de 2020, a marca de mais de 110 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.