Ele entrou pensando em ganhar mil reais, mas em pouco menos de 1 ano como afiliado já fatura mais de 14 mil reais mensais.

Essa é a história de Anderson Abecassis, um manauara formado em marketing que se sentia perdido no mercado.

CLIQUE AQUI para acessar o Fórmula Negócio Online agora

Se preferir, veja a entrevista em vídeo aqui

Hoje ele tem uma vida confortável, trabalhando com o Instagram, Youtube e Whatsapp. Dedica-se, estuda e trabalha de segunda a sexta, mas faz seus próprios horários e não precisar dar desculpa alguma quando se sente indisposto para trabalhar ou quando decide fazer outra coisa.

Com 26 anos de idade, tem sua própria estratégia de vendas e mais ganha um valor superior a 98% da população Brasileira, segundo dados do GINI. No entanto a história dele não começou assim. Muito pelo contrário, há cerca 1 ano atrás ela fazia parte dos outros 2%.

Nascido e criado em Manaus e formado em Marketing, trabalhava como estagiário na defensoria pública da cidade, ganhando 1200 reais. Na época, estava indo bem no estágio e pensando em trabalhar como Social Media. Mas um amigo deu uma dica que mudou o Rumo de todas as coisas.

Como muitos, ele teve a curiosidade de conhecer o marketing digital e sobre ganhar dinheiro na internet. Começou a pesquisar, mas no início apenas tinha vontade de aprender sobre as redes sociais e o Instagram. Nessa fase, ele estudou conteúdos com o intuito de ser Social Media e foi em busca de uma oportunidade.

Quando começou no mercado digital, percebeu que poderia ganhar algum dinheiro na internet. No entanto, o medo e a dúvida – que são comuns – prevaleceram inicialmente. 

Inclusive, hoje, ela afirma que é justamente esse medo que impede as pessoas de tomarem decisões que  fazem toda a diferença e mudam suas vida.

Na época, um grande amigo o apresentou ao Fórmula Negócio Online e o trabalho do Alex Vargas. A partir desse momento, a questão inicial começou a se dissolver. Ele foi ficando mais confiante ao estudar sobre o treinamento e os dias passaram. 

CLIQUE AQUI para acessar o Fórmula Negócio Online agora

Antes do Fórmula, havia tentado fazer vendas sem o curso, mas o resultado não vinha para ele. Ao mesmo tempo via os vídeos de outras pessoas tendo resultados, então pensou “eu estou perdendo tempo, as pessoas estão ganhando dinheiro, pois devem saber como fazer para conseguir, então eu preciso aprender também”.

No dia 2 de maio de 2019 ele finalmente comprou o curso, começou a estudar e colocar em prática. Sua primeira venda como afiliado entrou no dia 20 de maio. Ou seja, surpreendentemente, 18 dias após começar o curso já estava vendendo.

O interessante é que quando ele começou o curso, decidiu fazer pois seu amigo o disse que ele faturaria cerca de mil reais com a internet. Mas para o seu espanto, nos primeiros 30 dias de venda ele ganhou cerca de 1600 reais e, hoje, exatos um ano depois,  já está ganhando mais de 14 mil reais mensais.

A trajetória dele não é só algo que muita gente pode se identificar, mas uma inspiração. A mentalidade do Manauara mudou muito desde então, pois o cara que antes pensava em ganhar mil reais, em menos de um ano estava faturando mais de 2 dígitos.

Mas tem algo ainda mais surpreendente nessa história: Ele começou trabalhando apenas pelo celular móvel, utilizando o Instagram. 

Quando decidiu trabalhar e vez com a internet, estava nas férias do estágio. Enquanto, isso estava pendente a possibilidade de renovar o contrato para continuar, mas ele queria algo mais. 

Chegada a hora de voltar, ele tomou a decisão de focar 100% no mercado digital. Teve medo, mas não poderia ter sido mais assertivo. Além disso, o foco integral fez toda a diferença.

Sua estratégia inicialmente foi direcionada para o Instagram e em um único nicho. Ele apostou em construir uma audiência nesta plataforma e levar as pessoas para o Whatsapp para converter em vendas.  .

Ele confessa que muitos não compravam no começo, mas no remarketing tinha chance de trabalhar a venda. Ou seja, capturava bastante lead e contato em um mês e conforme o mês fosse virando as vendas começavam a sair.

O que o diferenciava dos demais é que, durante esse processo, as pessoa percebiam que ele não estava só interessado em apenas vender e sim em ajudar, dar suporte, entender as questões, tirar as dúvidas. Claro que tinha o interesse em vender, mas criava relacionamento e conexão com elas.

O esquema voltado para o Instagram e Whatsapp permitiu que ele usasse 100% das vezes no início apenas o celular. Hoje sua estratégia cresceu e ele já até usa o computador também, mas o celular foi seu único meio de trabalho e carro chefe durante um bom tempo.

A atração de pessoas era através de um conteúdo qualificado e a retenção a partir da relação com quem o procurava no Whatsapp. Algumas compravam e as outras ele continuava alimentando nas listas de transmissão e com os stories de resultados. Depois, muitas dessas adquiriam também.

Ele acredita que um dos motivos de ter dado certo é não focar tanto na oferta e sim nas questões das pessoas e em ajudar. Pois as pessoas estão saturadas de vendedores, mas quando elas entravam em contato e eram ajudadas, alguns gatilhos eram disparados, como o da confiança, o da gratidão, o da reciprocidade.

Durante o próprio curso, ele ia aprendendo e passando conhecimento para as pessoas e assim conseguia aquecer as pessoas. Nos primeiros 15 dias, sua lista de transmissão tinha cerca de 50 pessoas advindas do Instagram e o contato com essas pessoas já gerou um resultado imenso.

Ele conta que dava algo de valor e as pessoas retribuem comprando com ele. Ou seja, uma estratégia muito simples, para poucas pessoas inicialmente, mas que funcionava justamente pela proximidade. Assim ele convertia e ganhava um bom dinheiro.

Nos 6 primeiros meses ele focou apenas no Instagram com esse mesmo processo e rapidamente foi crescendo. Quando viu que já tinha dominado bem essa rede, foi criar uma próxima estrutura.

A escolha foi o Youtube. Ele decidiu transformar o conteúdo dele em vídeo, que é uma fonte de tráfego muito boa, onde ele já tinha percebido que muita gente estava. Criou coragem e construiu.

Para sua surpresa, sua experiência foi muito melhor que a expectativa. No começo foi uma pouco difícil graças a pouca consistência das suas postagens, mas logo quando começou a postar dois vídeos por semana, começou a ter audiência e resultados ótimos. 

O Youtube deu uma sacudida nas vendas, pois começou gerar vendas no automático. Ou seja, uma pessoa vê um vídeo ou mais, se interessa, clica no link e compra. Hoje seus dois pilares são Instagram e o Youtube.

Com o tráfego gerado, apenas dois meses depois da primeira postagem já fez venda. As vendas automáticas são muito mais escaláveis e isso foi um caminho que abriu portas para o crescimento dele.

Anderson vende de forma completamente orgânica, o que muita gente acredita que não é possível. O youtube trouxe credibilidade para sua marca, pois pessoas viam e pensavam “ele está ensinando no youtube, deve saber algo realmente”.

Ele começou vendendo uma forma mais manual, no entanto os vídeos postados no Youtube, quando começam a rodar, não param mais de vender. Isso tudo, sem você precisar fazer nada adicional.

Obvio que na plataforma você precisa criar os vídeos, mas eles permanecem lá. Um vídeo que você publicou há 1 ano, ainda está caindo venda hoje. Esse é o grande diferencial que o youtube trás.

O canal do Anderson, como qualquer pessoa iniciante, ainda tem poucos inscritos e visualizações. Mesmo ainda sendo uma canal bastante pequeno, trás resultados exorbitantes. Tudo isso é possível focando das palavras chaves que estão sendo buscadas pelas pessoas que estão chegando.

Além disso, outro dado que mostra o resultado é o crescimento que está sendo obtido mês a mês. As pessoas que estão no youtube vão para o Instagram e isso torna bem mais fácil a conversão. Pois as pessoas encontram no Youtube, procuram no Instagram e lá começa a criar relação e sempre dá em venda.

A estratégia basicamente consiste em criar conteúdo, fornecer esse material de valor para a audiência e depois fazer uma chamada para ação. Ou seja, é simples, é basicamente isso. Fora isso ele aplica “prova social”, que são vídeos mostrando resultados. Exemplo: “como fez 2 reais em 9 dias” ou “1700 reais em 7 dias”.

No final, indica o curso que ele fez para conseguir ganhar dinheiro na internet. Explicando como foi a sua trajetória e que tudo aquilo ele aprendeu com o treinamento. 

Na descrição dos vídeos, ele coloca o link para o Whatsapp. Então algumas pessoas, também ainda o procuram pelo aplicativo. Isso converte muito, principalmente para pessoas que não estão se sentindo tão seguras. Esse tipo de vínculo passa a segurança que elas necessitam.

Sobre seu trabalho e rotina ele garante que hoje ele se dedica exclusivamente ao marketing digital e toda a renda provém desse trabalho. Acorda por volta das 8h manhã, toma o café, entra no computador, já começa a ver os conteúdos que vai gerar, dá uma estudada e revisada em tudo.

Ele costuma trabalhar de segunda sexta, escolheu isso como uma rotina mais agradável para ele. Apenas dá uma olhada no Instagram, como a maior parte das pessoas. Mas nos outros canais não precisa mexer, pois no youtube você pode programar para os vídeos entrarem e todo resto do processo é automático.

Até agora ele morava com a avó, mas com os resultados financeiros que está tendo, deu entrada em um apartamento. Só está esperando ser entregue para se mudar. Tudo isso graças ao seu trabalho com marketing digital.

O mais bacana que o Anderson não tem nada de especial, além do seu foco e vontade de colocar em prática. Começou do zero, estudou o conteúdo do curso, foi fazendo e agora colhe os resultados. E não são resultados que param por aí, crescem a cada mês com força.

O Instagram dele é focado apenas em conteúdo, não tem fotos de outras coisas. 98% são materiais que alimentam a audiência com informações. Diferente de outros profissionais que escolhem mesclar, ele decidiu por fazer desta forma. Acredita que assim é uma maneira de se doar mais.

Ele tem um número razoável de seguidores, não muito, mas as postagem tem muita interação. Isso mostra que as pessoas gostam mesmo de receber, pois se trata de algo valioso para elas.

No youtube, seu vídeo é muito bem feito, texto bem feito, ótima descrição. Apesar de não ter visualizações exorbitantes, gera um fenômeno muito interessante. Por exemplo, ele tem um vídeo que tem 152 visualizações, mas tem 45 comentários.

 Isso quer dizer que uma em cada três pessoas comentaram. O nível de engajamento do seu conteúdo é muito acima da média, pois a média é 1 cada 20 pessoas fazerem um comentário. Algo acima disso geralmente é um indicativo de nível alto de qualidade.

Sobre as gravações ele confessa que no início gravava com um celular muito inferior. Em uma gambiarra com papel toalha e gravava assim mesmo. Hoje já tem um celular top de linha, mas garante que se fosse esperar isso acontecer, nunca teria o celular que tem hoje, pois ainda não teria dinheiro.

Já tem todo aparato básico de gravação, mas isso faz muito pouco tempo. Seu pensamento foi que não importava como iria fazer, mas faria de qualquer forma. Teve coragem e foi aos poucos melhorando.

O próximo passo que está planejando é investir em uma câmera. Pois é mais um upgrade.

Ele trabalha com um script básico que consiste em se apresentar, mostrar um conteúdo interessante e fazer uma chamada para ação. 

Muitas pessoas ficam receosas de começar por justamente se comparar aos outros. Exemplo: “o João da Silva filma com uma câmera 4k, como eu vou postar vídeos feitos em um celular de entrada?”. 

Por esse motivo, ao invés de começar na mesma época que o Anderson, decidiram esperar. Hoje elas ainda não têm nada, já ele pode comprar uma 4k graças ao resultado que obteve nesse tempo.

No início era só uma cadeira branca, uma mesa branca, a luz ambiente, um notebook normal e um celular ruim na sua frente. Mas colocava no Youtube e bola pra frente. Deu certo, por isso, agora, os vídeos, o aparato técnico e o cenário estão ficando melhores.

Com um ano de mercado aprendeu muitas coisas. Como por exemplo: Já sabe como o Youtube funciona; como Instagram funciona; como grava; como conversar com as pessoas; quando a venda vai acontecer e quais são as melhores técnicas dentro desses canais. Por isso consegue resultados.

Seus resultados, obviamente, vêm da estrutura do seu canal, do Instagram, da sua lista de e-mails, dos seus contatos e tudo mais, é a partir disso que vende.

No entanto confessa que se fosse começar do zero agora, sem nenhuma estrutura, apenas tendo o conhecimento que adquiriu, no dia seguinte de manhã já colocaria em prática começando pelo Youtube. Mas não deixaria o Instagram de lado, pois sabe que tem total possibilidade e condições de administrar e gerar conteúdos para os dois tranquilamente. 

De acordo com suas palavras, se a gente parar para pensar, nós não precisamos de mais de 4 horas para trabalhar no Instagram. No máximo 2 horas por dia já são suficientes ou até menos. Isso porque quando se inicia uma conta é necessária apenas ganhar seguidores e gerar tráfego.

Para conseguir público é apenas necessário definir quantas postagens por dia vai fazer e gerar conexão nos stories. Fazendo isso, estaria rodando e criando engajamento, o restante do tempo usaria para o Youtube.

Mas além desses dois canais que já mexe, afirma que começaria com uma estratégia no Google Ads também, que já é algo que vai começar a investir agora. Ele acredita que essa é uma ótima forma de vender como afiliado desde o começo também

É muito comum as pessoas pensarem que não vão ter tempo para começar no Instagram, no Youtube, anúncios pagos e ainda trabalhar com o Whatsapp se quiser, mas isso é uma equivoco. Tempo não vai faltar, pois, no começo, ela não terá que falar com muitas pessoas, já que seu público ainda será pequeno.

Quando começar a crescer e tiver muitas pessoas, vai significar que está vendendo muito. No momento que isso acontecer, você pode começar a pensar em adotar outras estratégias. A questão é não ficar preocupado com um problema antes mesmo de ele acontecer.

Além de tudo, o fato de ter muitas pessoas é um problema bom. Significa que muitas vendas virão.

Resumindo, a estratégia e lição do Anderson é colocar a cara, aprender e evoluir com o que vai aprendendo e conforme os resultados vão surgindo. Além de não se preocupar com os problemas antes e apostar na relação mais próxima com as pessoas. Mesmo que não sejam muitas, se a relação for excelente pode render resultados extraordinários.

“Começou com que tinha, ajeitou como podia e foi melhorando com o tempo”, essa frase define. O que foi mais do que acertado, pois como praticamente todos os especialistas na área dizem “o momento perfeito não existe, então não adianta tentar esperar ele”.

E você, o que está esperando para fazer como o Anderson e se tornar a nova história de sucesso do Fórmula Negócio Online?


Alex
Alex

Alex Vargas é fundador do Nucleo Expert, empresa especializada na criação de treinamentos de marketing digital e empreendedorismo que tem revolucionado a vida de milhares de pessoas. Chegando em janeiro de 2020, a marca de mais de 110 mil alunos. Ganhou o prêmio de Empreendedor Digital do Ano e Melhor Profissional de SEO do Ano, em 2019 pelo Afiliados Brasil. Alex é reconhecidamente um dos melhores profissionais de marketing do Brasil.