Essa técnica tem o poder de escrever textos convincentes para Marketing e Vendas com a intenção de fazer com que o leitor tome alguma atitude que pode ser desde um cadastro de e-mail até a compra de um produto ou serviço. 

Aqui, as palavras vão se encaixando para que o leitor perceba que aquele conteúdo foi feito exclusivamente para ele e todas as informações mudarão a sua vida de alguma forma. 

Porém, o Copywriting não pode ser feito de qualquer jeito. Pensando nisso, vamos abordar o seu conceito, além de outras informações importantes. 

  • Quais são os modelos de Copywriting? 
  • Quem é o Copywriter? 
  • Quais são as melhores técnicas de copywriter?
  • Quais são os elementos mais importantes?

Quer descobrir um jeito diferente de escrever seus textos? Então continue com a leitura deste artigo!

O que é Copywriting? 

O Copywriting é a arte de produzir textos com a intenção de realizar uma venda. Esse conteúdo pode ser em formatos de slogans, whitepapers, vídeos, e-mails, anúncios na internet, peças publicitárias, sites e posts. 

Em outras palavras é escrever textos com o objetivo de promover um produto, uma pessoa, uma ideia, uma marca ou um negócio. Nessa técnica, as palavras influenciam o leitor a tomar uma determinada decisão. 

Essa arte de escrever não tem como função somente vender um determinado produto ou serviço na primeira oportunidade, mas sim de induzir a audiência a realizar uma ação. 

A ação é conhecida através de vários formatos. 

  • assinar uma newsletter;
  • entrar em contato com o telefone informado; 
  • enviar um e-mail para o vendedor ou para os seus amigos. 

Um Copywriting não pode ser feito de qualquer forma, pois os profissionais dessa área conseguem identificar os erros imediatamente no texto.  

É possível perceber quando um conteúdo não sensibiliza a persona, não engaja o público e não tem os elementos suficientes para que o leitor descubra quais são as intenções dos seus autores. 

Um dos erros clássicos de quem investe em publicidade é acreditar que os seus anúncios se venderão sozinhos. Pelo contrário, o empresário que não pensa em Copywriting poderá afundar o seu negócio. 

A gente não pode negar que um conteúdo com foco em conversão é fundamental, mas sem as técnicas necessárias poderá ser um esforço em vão. 

O que é Copywriting

Quais são os modelos de Copywriter?

Existem diferentes formas de trabalhar como copywriter: agência, corporativo ou como freelancer. Cada um tem as suas particularidades, salários, vantagens e desvantagens. 

Copywriter de agência 

Neste primeiro modelo você terá oportunidade de trabalhar em diversos lugares, entre os quais: agência de publicidade, marketing digital ou marketing de conteúdo

O copywriter de agência é reconhecido por ter um emprego formal, onde o escritor trabalha em tempo integral. Algumas empresas já estão aceitando a opção de home – office na qual o colaborador executa as tarefas da sua própria casa. 

O salário pode variar de agência para agência. A boa notícia é que o trabalho é bastante estável. Além disso, você tem a oportunidade de desenvolver as suas demandas em ambientes criativos e manter contato com marcas de grandes nomes. 

Se você tem facilidade para trabalhar em um emprego com horário fixo essa é uma excelente opção. Entretanto, esteja preparado para lidar com clientes desafiadores, que possuem temas e mercados complexos. 

Copywriter Corporativo 

A função de um copywriter corporativo é bastante diferente do profissional que trabalha em uma agência. O primeiro executa as suas atividades somente para uma única empresa, enquanto o segundo consegue potencializar a sua criatividade para diversos mercados.  

Uma das tarefas do copywriter corporativo é ser o responsável por cada texto que o seu supervisor ou gerente tiver interesse em colocar no site, blog e nas redes sociais.

O profissional precisa escrever ainda textos para folhetos, spot de TV e qualquer outro formato que esteja relacionado a conteúdo. 

A sua rotina pode até ser interessante quando o nicho de atuação envolve carros, produtos de maquiagem ou informática. Mas já pensou em escrever sobre produtos agrícolas? A tarefa seria muito complicada, não é mesmo? 

Copywriter freelancer

Sem dúvidas, essa é uma das carreiras mais interessantes para um copywriter, afinal, ele tem a possibilidade de escrever sobre vários assuntos, inclusive, aqueles que combinam mais com a sua área de atuação. 

Você prefere escrever conteúdos sobre esportes ou novela? 

É fã de música ou de cinema? 

Não importa! Existem empresas para qualquer tipo de freelancer. 

No começo pode ser complicado encontrar trabalhados legais, mas a medida em que você aumenta a sua base de clientes, o seu portfólio fica mais interessante. 

O seu trabalho funciona da seguinte forma. 

Imagina que uma startup tem dezenas de clientes e precisa escrever um conteúdo para um e-mail, landing page ou para um blog. Para reduzir o tempo e escalar o seu negócio, ela procura por freelancers que tem habilidades para escrever sobre aquele assunto. 

Um bom freelancer, geralmente, atinge um determinado número de clientes e não consegue mais encontrar espaço na sua agenda para produzir conteúdo. Isso não é motivo para deixar de ganhar dinheiro. Pelo contrário, o freelancer pode usar a sua marca para criar uma empresa, contratar novos freelancer e obter mais clientes. 

Modelos de Copywriting

Quem é o Copywriter? 

O copywriter é um profissional formado em jornalismo, publicidade ou marketing. Isso ocorre porque as graduações já trabalham com esse tipo de conceito na faculdade. 

Porém, algumas pessoas de outras áreas estão migrando para o copywriter. 

O acesso a conteúdos gratuitos na internet e as diversas oportunidades de trabalho são alguns dos motivos que aumentam a procura por essa profissão. 

Além disso, as empresas começaram a entender que para um determinado tipo de produto é necessário que um especialista da área seja responsável pela construção do conteúdo. 

Em um escritório de advocacia, por exemplo, um texto escrito por advogados gera mais autoridade do que um profissional que não estudou para exercer a função. 

Os copywriters tem características muito semelhantes. Eles precisam dominar a língua culta, saber pesquisar referências confiáveis na internet para inspirar os seus conteúdos, desenvolver textos originais e saber lidar com os seus clientes. 

Um bom copywriter deve ainda ter sede por conhecimento, pois não dá para fazer conteúdos com informações ou técnicas antigas. A vantagem é que a internet tem cursos gratuitos para quem deseja investir nesse segmento. 

Quais são as melhores técnicas de copywriting?

Diferente de algumas profissões, o copywriter pode aprender as técnicas do zero e virar uma autoridade da área. Existem certos gatilhos mentais que são capazes de transformar qualquer texto. Então, se você conseguir aprendê-los, provavelmente, conquistará os primeiros clientes. 

Repita o conteúdo 

A repetição é uma das melhores formas de influenciar o seu leitor, pois ela transmite mais segurança e mostra que você acredita muito naquilo que está escrevendo. 

Essa técnica é aplicada com sucesso quando você apresenta seus argumentos com histórias, exemplos e citações de pessoas que são importantes para aquele mercado. 

Use o “porquê” 

Essa palavra é muito importante em nossa língua portuguesa. Geralmente, o leitor concorda com uma afirmação ou um pedido se você apontar diversos motivos para isso. 

Atualmente, ninguém gosta de executar uma tarefa sem ter uma explicação concreta sobre o motivo pela qual ela é importante. 

As pessoas são mais receptivas quando elas têm uma resposta para tudo.

Crie comparações  

As analogias e metáforas são ótimos recursos linguísticos para um copywriting de sucesso. No entanto, tome um cuidado para não fazer comparações com um serviço ou produto que é concorrente do seu cliente.

Esse detalhe é muito importante não só por questões éticas, mas também por não fazer propaganda gratuita ao seu concorrente. 

Portanto, busque comparar uma vídeo aula que está vendendo com outro seminário que não seja do mesmo nicho. 

Resolva problemas 

O primeiro passo para um texto de sucesso é identificar os problemas daquele conteúdo. Depois, prove onde mais dói e ofereça as melhores soluções para o problema. 

Ofereça exclusividade 

Quem não gosta de ser a primeira pessoa a conhecer uma super novidade? 

Todo mundo não é mesmo? 

Então use esse recurso para atrair o seu leitor. 

Descubra o que o seu potencial cliente deseja e o convide para participar de um grupo exclusivo. Dessa forma, ele se diferenciará de outros leitores. 

Crie autoridade com os números e dados 

Os números ajudam a chamar atenção do seu leitor. Um artigo que contém o título de “10 dicas para ganhar renda extra” terá mais sucesso que “o que fazer para aumentar minha renda”. A primeira opção é sempre a mais indicada pois já sinaliza ao leitor o número de soluções que ele terá acesso no conteúdo. 

Aposte nos verbos de ação 

É importante ir direto ao ponto quando a sua intenção é prender o leitor. Para isso, opte por verbos no imperativo. Eles fazem com que o leitor compreenda a mensagem mais rápido. Exemplos de verbos: faça, execute, aprenda, aplique, entre outros.

Abuse da sua criatividade com o Storytelling

Um formato bastante interessante para influenciar as pessoas é a arte de contar histórias, conhecida como storytelling. Ele tem o poder de chamar a atenção da sua audiência e conectá-lo ao leitor. 

O Storytelling não precisa usar verbos no imperativo. Ele consegue se comunicar com o leitor ao ponto de incentivá-lo a pensar sobre um assunto, dando mais liberdade para que ele tire suas próprias conclusões. 

Incrimente alguns recursos no texto 

Um bom texto é aquele que está preocupado não só em converter, mas também com a experiência do usuário ao ler o conteúdo. Sendo assim, busque otimizar os artigos em Copywriting para deixar o leitor mais confortável. 

  • Procure fazer textos e parágrafos curtos, como você pode perceber neste artigo;
  • Use links internos para adicionair mais informações ao conteúdo;
  • Trabalhe com a escaneabilidade para deixar o texto mais dinâmico. 

As técnicas em Copywriting podem ser adquiridas com bastante prática. Não se desespere se no primeiro momento você não tiver um bom resultado. Teste, teste e teste para chegar ao nível dos demais profissionais. 

Principais Técnicas

Quais são os elementos mais importantes? 

Agora que você já sabe algumas técnicas para fazer uma boa copy, que tal descobrir quais são os elementos que influenciam no sucesso dessa estratégia? 

  • Urgência: um texto deve chamar a atenção do leitor ao ponto que ele tome alguma ação rápida; 
  • Conexão: o autor deve buscar fazer conexões com o seu público. Ou seja: mostrar que está ao seu lado para conquistar resultados incríveis. Um bom exemplo de frase nesse formato é: aprenda como fazer uma copy de sucesso em seu blog; 
  • Especificidade: os títulos dos textos devem estipular os prazos ou os próximos passos que o leitor precisa fazer para executar uma ação. Exemplo: veja como aprender copywriting em apenas 2 dias; 
  • Novos ares: uma pessoa que ler qualquer tipo de conteúdo deseja que aquele texto mude a vida dela de alguma forma. Então, mostre qual a transformação que ela terá ao aprender a escrever de forma correta. Exemplo: aprenda mais sobre copywriting e conquiste novos clientes. 
  • Aprovação social: grande parte das pessoas só compram determinado tipo de produto caso tenha a opinião de algum amigo ou parentes acerca daquela marca. Por isso, use depoimentos para estimular a venda e a leitura. 
  • Escassez: esse é um dos elementos mais conhecidos, pois é usado com frequência pela publicidade. As palavras “vai acabar”, “últimos lotes”, “poucos negócios” são ótimos gatilhos para acelerar a compra. 

Um Copywriter deve usar todas as técnicas e elementos com bastante consciência, pois é reputação de uma marca, seja pessoal ou empresarial,  está em jogo. 

Uma das piores atitudes que se pode tomar é manipular uma informação para que o visitante seja iludido e tome uma decisão por impulso. 

Esse tipo de estratégia faz com que uma pessoa não feche o negócio contigo e influencie outras pessoas a tomarem a mesma decisão, praticando o marketing boca a boca inverso. 

Sendo assim, apresente os seus benefícios ao público sem manipular o leitor. Se você ainda tem produto disponível no estoque, não fale que determinado item está se esgotando. 

Um jeito de sair dessa cilada é buscar outros elementos para colocar em prática ou apostar na sinceridade, pois ela é a melhor escolha que todo profissional pode fazer em qualquer texto. 

Elementos de uma Copy Persuasiva

O Copywriting é uma técnica que todo mundo consegue aprender. Basta um pouco de treinamento para perceber a diferença em seus conteúdos. 

É essencial escrever textos que convertem, uma vez que o mercado está mais competitivo e qualquer deslize a concorrência estará de olho. 

Portanto, nunca pare de estudar e busque novos desafios. Em breve, o Copywriting será a sua nova profissão. 

E você, teve alguma dúvida em relação ao Copywriting? Compartilhe conosco nos comentários abaixo!


Leave a Reply

Your email address will not be published.