Descubra como montar um Blog passo a passo.

Criar um Blog é ter certeza de que está usando um canais mais simples e rentável para compartilhar conhecimento com o mundo. É uma excelente forma também para ganhar um dinheiro extra ou iniciar o seu negócio

A criação de um blog é mais simples do que parece. Não é necessário conhecimentos técnicos. Basta seguir o nosso tutorial.

Neste artigo você aprenderá diversos fatores importantes para iniciar a sua página do zero. 

  • Crie o seu objetivo;
  • Defina a sua estratégia de conteúdo;
  • Escolha o nome , CSM, hospedagem e o domínio;
  • Instalação do blog. 

Vamos colocar a mão na massa? 

Leia este conteúdo e potencialize os seus conhecimentos. 

Por que ter um blog? 

Primeiro, vamos explicar quais são os benefícios de ter um blog. 

O blog traz diversas vantagens para o seu negócio. Um deles é ser encontrado de forma gratuita no Google através de técnicas de SEO.

Outro ponto interessante é que outros sites e blogs podem fazer linkagem direta para a sua página, melhorando ainda mais a sua autoridade com o maior buscador do mundo. 

O blog também deixa um cliente mais preparado para a compra, pois ele já saberá todas as informações que precisa para escolher um determinado tipo de produto ou serviço. 

A construção de um blog permite que você aprenda mais sobre diversos assuntos. Além disso é uma boa oportunidade para treinar a sua escrita e conhecer outras opiniões sobre o assunto. 

Por fim e não menos importante, o blog é um dos canais que geram mais retorno para as pessoas envolvidas. Ao contrário de uma propaganda na TV ou em rádio, ele garante resultados mais frequentes, pois você conquista novos acessos, mesmo sem fazer muitos investimentos. 

Afinal, as suas palavras – chave estarão nas primeiras páginas do Google, trazendo usuários organicamente. 

A importância de um Blog.

Como criar um blog? 

A partir de agora você terá acesso a um super guia para aprender como criar o seu blog. Vamos explicar conceitos e mostrar exemplos práticos.

Pense no seu objetivo 

O blog é um canal de comunicação que pode ser usado para várias finalidades. No entanto, você precisa ter foco para alcançar os resultados que deseja com essa ferramenta. 

Os mais comuns são: aumentar tráfego para o seu site de forma orgânica, geração de leads, educar o mercado e virar autoridade no mercado. 

Não há necessidade de ter apenas um objetivo, mas é essencial que você saiba quais são eles, pois a partir daí será possível determinar os próximos passos da sua estratégia. 

Se você é dono de uma agência de viagens, por exemplo, o seu objetivo será conquistar mais clientes. Se você é professor de marketing, deve criar planos de ações e conteúdos para conquistar autoridade no mercado. 

Crie a estratégia de conteúdo 

Definiu os objetivos do seu blog?  Então, escolha quais são os temas que serão produzidos.

Lembre-se que você não pode falar a todo o momento da sua empresa, produto ou serviço que oferece aos seus clientes. Caso contrário, o conteúdo não será tão atrativo para o seu público.

A ideia aqui é criar artigos para ajudar a persona a resolver um determinado tipo de problema. 

Imagine, por exemplo, que o leitor do seu blog é dono de uma empresa. Ele está com dificuldade no controle de caixa. Então, você deve ajudá-lo a entender quais são as causas desse problema. 

Nessa situação, um bom conteúdo seria: (x) sinais que mostra aonde a sua empresa está perdendo dinheiro. Em um deles, provavelmente, estará a resposta que ele tanto procura na internet. 

Depois, você pode produzir um conteúdo indicando quais são os melhores caminhos para controlar o caixa da empresa. Aqui, você pode citar uma das soluções do seu negócio por exemplo. 

Por fim, crie um artigo falando porque o produto do seu negócio é a salvação para os problemas financeiros do seu cliente. 

Entendeu a dinâmica? Primeiro você identifica o problema, depois apresenta soluções e, por fim, indica o melhor produto. 

Para escolher os melhores conteúdos, sugerimos que você analise três fatores que consideramos importante: o seu objetivo, a persona que vai ler o blog e o seu posicionamento, isto é: será mais polêmico, pretende educar o mercado ou será mais imparcial. 

Use a criatividade no nome e no domínio 

Neste momento é necessário que você entenda dois conceitos que consideramos importantes: domínio e endereço. 

O domínio é uma sequência de caracteres. Eles são responsáveis por identificar um determinado site. Um exemplo muito comum de domínio é www.minhaempresa.com.br

O endereço é a sequência que direciona para uma página. Nele, pode-se ter diretórios e subdomínios. 

Ou seja: em um domínio é possível conter diversos endereços, entre os quais: 

Todo esse raciocínio é para mostrar que você pode ter um domínio e outros endereços ali dentro como minhaempresa.com.br/blog ou blog.suaempresa.com.br. 

Entendeu as diferenças? 

Agora vamos escolher o seu domínio.   

Defina o seu domínio 

Geralmente, esses termos técnicos geram uma confusão em nossa cabeça, não é mesmo? Mas você não precisa se preocupar, pois o processo é mais simples do que parece, especialmente após escolher o objetivo, persona e outros elementos importantes para o blog. 

A sua missão é definir um nome que o leitor consiga lembrar com facilidade e que remete os temas que a página tem costume de abordar. 

Existem algumas dicas que você deve ficar atento para escolher um ótimo domínio. 

A primeira delas é não colocar palavras confusas e que sejam complicadas de pronunciar e escrever. 

Outro ponto interessante é que a sua sequência de palavras deve fazer sentido. Além disso, o domínio do blog e o seu título não precisam ser semelhantes, mas devem fazer sentido entre si. 

O seu objetivo é conseguir um nome que tem ligação com o seu blog e que não confunda a sua persona.

Defina o seu CSM 

Agora, chegou o momento de escolher a hospedagem do seu blog. Entretanto é necessário que você escolha como ele funcionará diariamente. O sistema é conhecido como CSM, ou seja: Content Management System e sistema de gerenciamento de conteúdo. 

Nesta estrutura você criará páginas e links, e torna o seu conteúdo mais amigável de acordo com as regras do Google. Além disso, pode gerenciar as suas páginas, posts, comentários e outros pontos. .

No mercado temos vários CSM. Os mais conhecidos são: WIX, SquareSpace, Blogger, Joomla e Drupal, além do WordPress. Esse último é o CSM mais usado no mundo. 

O WordPress é bastante prático e possui templates gratuitos. 

Escolha fornecedor de hospedagem 

Na prática, a hospedagem é responsável por fazer com que o seu blog ou site permaneça disponível para os usuários da internet. 

As empresas que executam esse tipo de serviço mantém o seu site no ar e armazenam o conteúdo. 

Assim como no CSM, há vários tipos de hospedagem. Portanto, fique atento a estes fatores para acertar na sua decisão: preço, suporte, avaliação de consumidores, quantidade de domínios, armazenamento e banda disponível, painel de controle e serviços adicionais. 

Os fornecedores mais comuns são. 

  • Hostgator;
  • GoDaddy
  • Rock Stage. 

Instale o seu blog 

Já definiu o seu CMS e o serviço de hospedagem? Então é hora de publicar o seu blog. 

A instalação pode ser realizada de duas maneiras: one-click install e instalação manual. 

A one-click install está disponível para diversos servidores que mencionamos no decorrer deste conteúdo. Se você escolheu uma das nossas sugestões, vá ao painel de controle do host, clique em “wordpress” e coloque o seu domínio. 

O processo estará concluido. É importante deixar claro que a interface é alterada de servidor para servidor, mas as mudanças não impactará em seu trabalho. 

Já a instalação manual não permite que você use a função “one click install” em seu serviço. 

Calma! Não precisa entrar em pânico. 

O wordpress garante um jeito muito simples de fazer a instalação.

Primeiro, baixe a versão mais recente do wordpress. Em seguida, você receberá um arquivo ZIP. Depois,  basta descompactá-lo em uma pasta do seu computador. 

Continue o processo criando um banco de dados para o seu blog. 

Seu servidor usa CPanel? 

Então, trabalhe com o MySQL Database Wizard. Para isso, clique em “create a database”. Em seguida, clique em “create database users”. Termine as etapas em “add user to database”. 

Aqui, vale um alerta muito importante: documente todos os valores que preencheu para consultá-los depois, combinado? 

O seu servidor não tem cPanel?

Use o phpMyAdmin ou MySQL Client para desenvolver essas ações. 

Execute o upload dos arquivos 

Aqui as etapas também são bem tranquilas. 

Suba os arquivos que estão no “zip” do passo um para o diretório onde a sua página estará no ar. A forma mais fácil é utilizando o cliente FTP. 

Instale o WordPress

Agora, vá ao endereço do install.php. 

Para encontrá-lo com facilidade, buse algo semelhante ao: www.seudominio.com.br/wp-admin/install.php”.

Processo concluído 

Após a conclusão do SETUP, você entrará em uma tela que está escrito “bem – vindo”. Nela, aparecerá o título do blog, usuário, sena e e-mail. Por fim, será encaminhado ao dashboard. Ou seja: a página que terá acesso a todos os dados do seu blog. 

Como criar um blog na prática.

Cuide do visual do seu blog 

O sistema já oferece um template completo. Escolha aquela que mais combine com a sua empresa e projeto, e inicie os seus trabalhos. 

A nossa dica é que você não se prenda tanto a essa questão. Defina um tema diferente e comece as edições. É possível trocar cores, logos e fontes. 

Os melhores sites para encontrar temas wordpress são: Theme Forest, Elegant Themes e a Galeria do WordPress.

A escolha não é complicada. Basta ficar atento a estes detalhes.

Se o seu blog for de moda,  opte por temas com templates maiores, com pequenas postagens por páginas. 

Se o foco do seu blog for os textos, escolha templates que têm home page estática. 

Antes de definir o seu template, preste atenção em alguns detalhes importantes. 

  • O template carrega bem em celulares e tabletes? 
  • Os usuários avaliam positivamente o template? 
  • Há suporte para customização? 

Escolha aquilo que é mais importante para você e acerte na sua decisão.

Cuide do Design do Blog.

Acompanhe os seus resultados 

Listamos neste artigo todos os pontos que consideramos importantes para o desenvolvimento do seu blog. 

Não importa qual é o seu objetivo. Você deve monitorar o seu resultado para descobrir onde estão os principais gargalos e quais são os planos de ações que está acertando. 

Na internet temos várias ferramentas que podem ajudar nesse processo, mas as mais comuns e básicas são Google Analytics e Google Search Console.

  • Google Analytics: nesta ferramenta você acompanhará as métricas mais importantes para o seu blog. Se você ainda é inexperiente nessa ferramenta, análise, por enquanto, o número de acessórios e usuários; as URLs que tem mais visitas e por quanto tempo o usuário permaneceu na página do blog;
  • Google Search Console: essa ferramenta pode ser utilizado tanto para iniciantes e experientes no assunto. Na prática, você pode acompanhar quais são as buscas que estão trazendo usuários para o seu blog; qual é o desempenho das suas páginas e erros encontrados por robôs. 
Monitores os resultados.

Otimize o seu blog 

Algumas ferramentas ajudam a potencializar os resultados do seu blog

Um dos erros que a maioria das pessoas comentem é instalar muitas funções e códigos em seu blog. Isso prejudica o carregamento das páginas e a experiência do usuário. 

Para se ter uma ideia do impacto dessa dica, preste atenção: páginas lentas prejudicam a posição do seu site ou blog no Google, o maior buscador do mundo. 

Se o usuário demora muito tempo para acessar a sua página, fique de olho. Isso pode ser responsável por colocar o seu domínio nas posições mais baixas. 

Confira abaixo algumas opções imprescindíveis em seu blog. 

  • Yoast: otimiza as suas páginas de acordo com as estratégias de SEO;
  • Rock Convert: gerencia os Calls to Action do seu blog;
  • Disqus: sistema de comentários. 

A construção de um blog não pode ser feita da noite para o dia. 

Faça otimização do blog.

Afinal é a sua reputação ou da sua empresa que está em jogo.

Cuide bem da sua estratégia, análise os resultados e teste outras possibilidades de ações. Dessa forma, perceberá o quanto essa ferramenta pode ser bastante valiosa. 

Ah, e nunca pare de estudar. Existem diversos cursos disponíveis na internet que potencializam o seu resultado, combinado?


Leave a Reply

Your email address will not be published.